Acompanhe nossas AYURVEDICAS no INSTAGRAM

PSICOLOGIA CLÍNICA

Agende sua aula (8).png

A PSICOLOGIA

JUNGUIANA

DO GREGO PSYCHÉ (ALMA) E LOGIA (ESTUDO):

“ESTUDO DA ALMA”.

Eu sou a Amanda Carvalho, psicóloga formada pela PUC-SP. Atualmente, realizo sessões de terapia individuais e em grupo, a partir do vies da Psicologia Junguiana. Trabalho também como psicóloga e acompanhante terapêutica no Residencial Terapêutico Vila São Paulo.

 

Ao longo da minha trajetória na psicologia, passei por ONG’s, multinacionais e hospitais, me encontrando na área de cuidado com a saúde mental e na clínica, sonho meu desde que comecei a pensar em prestar psicologia. Essa trajetória foi de fundamental importância para meu crescimento como profissional, assim como meu processo de autoconhecimento e psicoterapia. É a partir dele que eu pude ir identificando as minhas feridas e cuidando delas, consequentemente, me tornando mais capaz para ajudar os outros a fazerem o mesmo.

 

A terapia é um encontro, uma troca muito rica, na qual vamos no caminho de nossas angústias e feridas para curá-las, em um espaço de cuidado e companheirismo. Lidar com tudo isso pode ser bem difícil sozinho… Por isso, vamos juntos?

 

A psicologia é uma ciência razoavelmente nova. Ela surge quando Sigmund Freud, médico, por volta de 1900, começa a perceber que existia uma instância na psique humana que moldava sua vivência, mas que não necessariamente tínhamos consciência dela.

 

Os estudos começam a ser aprofundados, e passa-se a compreender melhor esse emaranhado de vivências e sentimentos que chamamos de psique. Os estudiosos, assim, passam a compreendê-la de diversas formas, desenvolvendo métodos e teorias para abordá-la.

 

Um desses é chamado de Carl Gustav Jung.

Jung também era médico, e ao entrar em contato com os estudos de Freud, buscou aprofundar-se na área e, posteriormente, escrever sobre sua forma de enxergar os fenômenos psíquicos.

 

A psicoterapia, ou terapia, como geralmente conhecemos ou ouvimos falar, é um encontro, de 50 a 60 minutos, no qual vamos lidar com as eventuais questões e inquietações que viver e ser no mundo pode trazer.

 

Nela buscamos, por meio da fala, nos conhecer e lidar melhor com os nossos padrões de comportamento e as eventuais angústias que esses podem trazer, nas relações com os outros, mas principalmente na relação com nós mesmos.

 

 

Com todo carinho,

 

AMANDA CARVALHO

 

Psicologa Clínica

CRP 06/167975