AyurveDICAS

Sabores da Ayurveda no inverno

18/07/2017

A dietética na perspectiva ayurvédica, baseia-se principalmente na capacidade digestiva do indivíduo e na quantidade específica medida de um alimento. Esses dois fatores, variáveis e diferentes, capacitam uma digestão, assimilação e excreção adequadas, dependendo, no entanto, do poder digestivo e do tipo constitutivo de cada indivíduo, além do clima predominante em cada estação do ano. No frio o cuidado com a alimentação nos remete ao consumo de alimentos que nos ajudam a manter o corpo quente. Os produtos de origem animal são uma boa fonte de calor, porém temos também uma grande variedade de alimentos vegetarianos que fornecem energia capaz de dar suporte ao organismo em temperaturas mais baixas.

 

O uso de alguns condimentos na cozinha deve ser aumentado no frio, tais como pimenta-do-reino preta, pimentas vermelhas, coentro, cebola e em especial o alho. Castanhas, amêndoas, nozes e pistache, de preferência torrados, complementam muito bem a dieta nesta época. Pratos que contenham batata, tomate, cenoura, espinafre, vagem, verduras em geral, abóbora, abobrinha italiana, pepino cozido e ervilha, acrescentam calor ao organismo. Assim como o triguilho (tribo para kibe), a aveia e a tapioca, principalmente quando preparados com frutas oleaginosas torradas se constituem bons alimentos. O uso do mel também é indicado para consumo em especial pela manhã, na medida em que equilibra os três tipos constitutivos (vata, pitta e kapha), ajuda no crescimento e é tônico. Das frutas as mais indicadas são banana, maçã, romã, tâmara, figo, mamão, manga e uva passa. Por outro lado, nesta época devem ser evitados os alimentos azedos em geral, como por exemplo as frutas cítricas e os laticínios, exceção feita aos queijos. Os chás preparados com a mistura de gengibre sempre produzem calor.

 

Dentre os grãos destacamos o arroz, na medida em que faz parte importante da nossa dieta, só perdendo do trigo em nutrição e uso. O arroz, ao contrário do trigo, cria gases no organismo e independentemente da forma de preparo, deve ser evitado em casos de gastrite e constipação. Nesses casos, a adição do cravo-da-índia e coco cortado neutraliza em boa parte eventuais indisposições gástricas. Como o arroz é um alimento frio (lunar), a sugestão é que, nas estações mais frias, seja preparado com frutos oleaginosos torrados, sementes, coco ralado ou ervilhas para fornecer mais calor ao organismo.

 

Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Ghee: A manteiga clarificada

11/08/2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

July 31, 2017

June 19, 2017